Cânone de boi

21/01/2011

16 Comments

  • Gunnar 21/01/2011 at 15:46

    Parabéns pela idéia. Daria um ótimo ex-libris para minha biblioteca; sou zootecnista.
    Só faltam as legendas explicando as associações. Rubem Fonseca gordo e sujeito a longas e intrincadas preparações, como um cupim?

    • sergiorodrigues 21/01/2011 at 17:38

      Obrigado, Gunnar. Mas prefiro sem legendas, cada um que destrinche o seu bife. Um abraço.

  • Glaucia Altieri 21/01/2011 at 19:55

    Gostei da idéia mas ñ conheço as divisões do bovino p/a pode associá-las.rsrs

  • Leonardo 22/01/2011 at 02:07

    Faltou Gonçalves Dias!

    • sergiorodrigues 22/01/2011 at 19:14

      Leonardo, é verdade. Faltou mais gente. Mas não vamos esquecer que o boi tem vísceras.

  • Kylderi Amorim 22/01/2011 at 16:17

    Onde está o nº 18?

    • sergiorodrigues 22/01/2011 at 19:13

      Kylderi, ali entre o Guimarãres Rosa e o Castro Alves.

  • Inca Del Rio 23/01/2011 at 04:50

    Machado de Assis é o filet mignon, é claro.

    Faltou o número 21, no rabo: Paulo Coelho

  • Cássia 24/01/2011 at 00:00

    a rabada seria quem? 😉

  • Vinícius Antunes 24/01/2011 at 10:36

    Confesso minha total ignorância quanto aos cortes!
    Fica a sugestão: vale os cortes argentinos depois, né? Afinal, os hermanos são fãs da parrillada, seus cortes são ótimos e seus autores geniais.

  • Vinícius Antunes 24/01/2011 at 10:38

    Ah, seguindo a sugestão do Gunnar, acho que os visitantes e não o Sérgio, poderiam dar suas interpretações quanto aos cortes aqui nos comentários!

  • Humberto 04/02/2011 at 17:09

    Muito bondoso com o Bandeira (que eu acho datado) e com Rubem Braga (superestimado) e injusto com o Fonseca (cupim? credo). Não entendi a posição do corte da Lygia. O Euclides foi considerado carne de pescoço? Genial, ele é mesmo, com toda a ambiguidade que isso significa.

  • mdv 08/02/2011 at 23:28

    Jorge de Lima, fora? Só se ficou para os vegetarianos! abs M

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial