Conversa de gente grande

10/01/2011

Quem disse que tudo na internet é rapidinho e superficial? São mais de quarenta minutos de papo franco (com alguma dose de timidez dos dois participantes, o que até ajuda) sobre literatura, dos aspectos técnicos aos éticos, deixando de fora os teóricos; a admiração de ambos por David Foster Wallace e James Baldwin; a ficção como exercício de imaginação do Outro; o esgotamento artístico do relativismo moral, também conhecido como a necessidade de resgatar as noções de certo e errado; literatura negra, literatura judaica, literatura só: a conversa de Zadie Smith e Nathan Englander (em vídeo, sem tradução) num evento beneficente em Nova York, mês passado, é um banquete farto proporcionado por duas estrelas da nova ficção anglófona: a autora inglesa de “Sobre a beleza” e o autor americano de “Para alívio dos impulsos insuportáveis”. Vale separar o tempo que a festa consome – e ter paciência com o baixo volume do áudio. (Via The Elegant Variation.)

No Comments

Comments are closed.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial