Curiosidades etimológicas: Degringolar

09/01/2010

Parece gíria de malandro da Lapa carioca, talvez dos anos 20 do século passado, não parece? Alguma coisa com “gringo” no meio. Não é nada disso. O verbo – que quer dizer, como se sabe, “decair, desandar, deteriorar rapidamente” – é importado em linha direta do francês dégringoler, que por sua vez, ensina o Houaiss, saiu do holandês kringeln, “cair em círculo”. Tudo muito tradicional e, sim, globalizado: o inglês foi buscar na mesma fonte o substantivo – pouco usado, mas por isso mesmo expressivo – degringolade, “declínio rápido, colapso”. Tradução óbvia, e nesse caso também a mais correta: degringolada.

Pronto, o mundo já pode degringolar em uníssono.

Publicado no “NoMínimo” em 12/12/2005.

23 Comments

  • Rosângela 09/01/2010 at 17:59

    Já estava sentindo falta da ” A palavra é…”

  • Rita Isabel 09/01/2010 at 19:24

    eu degringolei
    tu degringolaste
    ele degringolou
    nós degringolamos
    vós degringolastes
    eles degringolaram
    No Brasil quem não tem padrinho só degringola….rsssss
    beijos Sérgio…

  • DARLAN MARCHESINI BORSI 09/01/2010 at 21:39

    EU DEGRINGOLO TODO DIA!
    JÁ DEGRINGOLO EM PENSAMENTO…
    POR TELEPATIA…

  • nivaldo pereira 09/01/2010 at 21:52

    DEgrinGOLAR. Ora pois, nada mais do que degolar o gringo. a questào é qual o gringo a perder o pescoço.

  • boris casoy 09/01/2010 at 22:12

    Sergio Rodrigues,voce tem uma cara de l7l,papo furado,que nada tem a acrescentar a sociedade
    Talves voce seria um bom gari.

    • cely 10/01/2010 at 11:26

      OOOOOH BORIS!
      NÃO SEI QUEM É VOCE, MAS ESTE COMPORTAMENTO “É UMA VERGONHA”

  • BC 09/01/2010 at 22:26

    Olá Sergio;

    Não sou escritor, mas talvez um enamorado – relativamente recente, é verdade – da literatura brasileira. Vc é um dos responsáveis por isso, acompanho seu blog desde a época do nominimo (que eu achava fantástico, diga-se de passagem…) e gosto muito, muito mesmo. Particularmente, adoro estas curiosidades etimológicas, em verdade a língua está sempre em construção, não é mesmo? Será que, num futuro bem próximo, o cânone vai aceitar expressões da língua como tuitar, orkutar, postar etc? Parabéns pelo trabalho e sucesso!

    []’s
    BC

    • Sérgio Rodrigues 10/01/2010 at 09:13

      BC, a história nos permite prever que alguns desses neologismos (quais, é difícil dizer agora) serão acolhidos pelos dicionários, sem dúvida alguma.

    • cely 10/01/2010 at 12:22

      Então BC,alguns dicionários já tem algumas palavras estrageiras:web,internet,link…
      O postar vem com o significado que tem mesmo em portugues(postar mensagens, cartas etc.).Daí para tuitar é um pulo……O próprio navegar já tem também no Aurélio,além de outros,o significado de percorrer textos da mídia .è a invasão dos Gringos.Estou quase achando que o Nivado Pereira está certo..

  • cely 09/01/2010 at 23:41

    Porque voce foi escolher esta palavra Sérgio?Voce devia saber que que ia degringolar tudo….

  • Benedito Lima 10/01/2010 at 01:48

    O Sergio degrigola, eu ajudo. E daí Boris vai caçá …

  • José Aparecido Fiori 10/01/2010 at 04:38

    Tudo me parecia dizer que que o degringolar todo vinha de gringo, que vem de onde?, do holandês tb?

    • Sérgio Rodrigues 10/01/2010 at 09:11

      Pois é, parecia a mim também. Mas gringo veio do espanhol e tudo indica que nasceu de “griego”, grego, língua incompreensível – como na expressão “el cabrón habla gringo”. Na Espanha se referia só à língua, na América é que passou a designar o falante dela. Tudo muito distante de “degringolar”, apesar das aparências.

  • luana 10/01/2010 at 06:46

    Dica de um blog ótimo: ” O blog do Barbeiro” do nosso amigo Heródoto… Abraços a todos!

  • Elizabete 10/01/2010 at 10:01

    Sempre uso essa palavra…tem sempre uns burros que ainda falam que vc fala gíria…tudo o que não conhecem ou não sabem o significado, falam que é palavriado de mano. Vou enviar este artigo para algumas pessoas. Valeu!!

  • Jeff 10/01/2010 at 10:40

    Com essa informação poderei dormir mais tranquilo…….

  • vera lúcia martins 10/01/2010 at 11:59

    eu uso muito degringolar, e adorei saber a origem, já mais poderia imaginar.

  • Tibor Moricz 10/01/2010 at 12:28

    Nasci degringolado. Vou desengringolando à medida em que o tempo passa. Quando estiver às portas da morte. estarei sãozinho.

    • Rosângela 10/01/2010 at 13:28

      Tibor, Tibor, se você não der de cara ( coração) com a Cruz de Jesus, não estará sãozinho, não, fiii!
      E só te falo isso, porque sou responsável.

      Quero te ver no céu, Tibor…, quero te ver no céu…

      Não vem com engringolamento para cima de mim, não, hein? Afinal estou preocupada com sua vida eterna.

      Ou você pensa que ela não é?

  • Lya Tapajós 10/01/2010 at 14:30

    E o verbo, em inglês, é to degringolade, é? Que coisa, essa eu nem desconfiava…

    • Sérgio Rodrigues 11/01/2010 at 15:42

      Lya, não sei se existe o verbo, mas sendo o inglês uma língua tão plástica, não me surpreenderia. O substantivo, sim, está dicionarizado.

  • pedro cujriango 11/01/2010 at 00:50

    Estar no dicionário não quer dizer que foi aceito pela lingua. Dicionário não é AVALIAÇÃO mas apenas repositório do que existe numa lingua em determinada época. Há dicionaristas que têm espírito crítico e sabem separar o que é apenas modismo momentâneo de um segundo, e cuja validade lingüística é praticamernte zero, do que tem alguma permanência. Infelizmente (ou felizmente…), muitos dicionaristas atuais tentam servir a um leitorado comercialmente interessado apenas no nosso exíguo momento e na extrema oralidade em que vivemos.

  • Maga Ideológica 11/01/2010 at 18:22

    Não sei se a palavra existe, mas quando me refiro às palavras reduzidas e aos códigos usados por algumas pessoas, digo que usam “internetês”. Excluo-me de tal grupo e não consigo abreviar nada, mas vários internautas, principalmente jovens , já utilizam um código próprio.Será que em breve teremos uma nova língua escrita?

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial