Curiosidades etimológicas: Escroque

28/11/2009

O leitor José Luiz Fonseca escreve para falar de sua curiosidade sobre a palavra “escroque”, que, como ele diz, “no meio dessa crise, vejo toda hora aparecer nos textos”. De fato, escroque – “indivíduo que se apodera de bens alheios por manobras fraudulentas”, segundo o Aurélio – não é artigo que ande em falta. O Houaiss informa que a palavra, vinda do francês, chegou por aqui oficialmente em 1914. Foi naquele ano que a revista “Fon-Fon” empregou o termo pela primeira vez – ainda com a grafia “escroc”, que só seria adaptada para a atual duas décadas mais tarde. O francês, por sua vez, tinha ido buscar a palavra no italiano scrocco, “golpe, calote”.

Como se percebe, “escroque” nada tem a ver, etimologicamente, com “escroto”, que numa acepção bem brasileira serve para qualificar aquele ou aquilo que é ruim, feio, mau-caráter, de mau gosto etc. Acontece que a etimologia não explica tudo. É provável que as semelhanças sonoras e semânticas entre as duas palavras tenham contribuído para que prosperasse entre nós o velho galicismo da “Fon-Fon”.

Publicado no “NoMínimo” em 26/8/2005.

7 Comments

  • pedro cujriango 29/11/2009 at 00:21

    O lugar não é apropriado, mas a notícia é importaqnte.

    Um dos maiores prêmios literários brasileiros tem tido lugar sem que quase nada se saiba dele. Veja:

    Conexões Itaú Cultural
    http://www.conexoesitaucultural.org.br/?p=954

    Parece que a cerimônia de entrega do prêmio se dará ainda este ano, no Rio de Janeiro.

    • Rosângela 29/11/2009 at 04:50

      Gostei da conexão!

  • Carlos Magno Barbosa 29/11/2009 at 11:41

    esse termo bem que poderia ser creditado a Mario Vargas Llosa se forem verdadeiras as citações a seu respeito no livro “O Império Moon – os bastidores de uma seita impiedosa” (Jean-François Boyer * Ed. Globo).
    Vale dar uma lida inclusive p/ entender as imbricações do poder no governo Reagan e até as origens da crise político-econômica atual.

  • juarez cordeiro da silva 29/11/2009 at 12:53

    todos que se encaixam nas frazes: ESCROQUE(‘escroc” ou scrocco) são todos aqueles: que desrespeitam; idosos, namoram a mulher do prócimo, esploram crianças, concorre a cargos públicos: pra se dar bem, os religiósos: que esploram á fé, os políticos: corruptus:(eses: então !? vão “reencarna” na etiópia(áfrica)para pagar o mau que fizeram aqueles: que lhe confiaram ! para adminstra suas economias:!?!

  • Parodancarvalho-São João del-Rei 29/11/2009 at 13:01

    Esta palavra ESCROQUE, poderia ser perfeitamente sinônimo de político, salvo é claro raríssimas exceções.

  • Carlos Magno Barbosa 29/11/2009 at 14:48

    Talvez a melhor concepção do termo se aplique àqueles que homenageiam Tiradentes nos palanques em 21 de abril, mas praticam a política de Joaquim Silvério dos Reis o ano todo…

  • Carlos Magno 01/12/2009 at 17:29

    Há palavras que surgem, são a todo o momento citadas, pegam carona no nada e desaparecem sem deixar quase nenhum vestígio.

    Escroque é uma delas. Outra que me lembro é crápula, que também não sei direito de sua etimologia ou morfologia, acho que do latim. Ambas são sonóras, embora de significados pesados.

    Por falar nisso, há vocábulo mais feio, mais esquisito que proxeneta, que só em ser pronunciado já por certo soa pornograficamente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial