‘Eu na verdade não li este livro, mas…’

13/09/2006

Coisas da era internet: o blogueiro que se assina Jon Swift – em homenagem escancarada a Jonathan Swift, o grande satirista irlandês – está começando a construir uma lenda como o mais, hmm, “cultuado” (vejam A palavra é de hoje) leitor-crítico a deixar seus comentários no site da Amazon. Vale a pena dar uma olhada – aqui, em inglês – nas curtas e ferinas “resenhas” de Swift, sempre iniciadas com o bordão “Eu na verdade não li este livro, mas…”.

16 Comments

  • Glória, a Celeste 13/09/2006 at 21:48

    Bem, ele expõe o que todos já sabemos e que é uma prática diária, mas socialmente negada: o livro se julga pela capa!

  • Delsio 13/09/2006 at 22:18

    O cara é bom. E conservador! Melhor ainda, um conservador que sabe escrever e ser mordaz.
    Um detalhe quem será que copiou quem?!

    Terá sido Jon Swift ou Reinaldo de Azevedo que optou primeiro pelo lay-out oferecido pelo Blogger, que parece papel de parede de casa de vovó inglesa!

    Saquem o Blog do grande Reinaldo Azevedo, ex-Primeira Leitura, ora na Veja:

    http://www.reinaldoazevedo.com.br/

    Abs!

  • Alexandre 13/09/2006 at 23:35

    Já vi uns dez blogs com esse mesmo visual, é bastante comum.

  • VcsNaoSabemNada 14/09/2006 at 00:48

    Simplesmente hilário.

  • Flávio Rios 14/09/2006 at 02:06

    Delsio, o cara é bom sim, mas acho que a ironia dele é mais no intuito de ridicularizar as opiniões conservadoras (na definição americana libs VS cons).

    A resenha do tanque ficou ótima!

  • Rogerio 14/09/2006 at 11:24

    A resenha do tanque é um sensacional! Agora, ele não me parece ser conservador. Pelas resenhas, digo, o blog eu não consegui abrir no meu computador vagagundo aqui.

    Olhem só: “Liberals are always making complicated distinctions between things that are a little bit evil and things that are moderately evil and things that are very evil. Not Mr. Hannity. Everything to him is either good or evil, period. I think that’s a much easier way to view the world and it saves a lot of time.” E: “Apparently, Mr. Barnes completely ignores President Bush’s human flaws, which is very refreshing. In fact, in this book I don’t think President Bush sounds human at all.”

  • Rafael Rodrigues 14/09/2006 at 13:20

    Eu não li as resenhas dele, mas realmente tem livros que você sabe que é bom sem precisa lê-lo por inteiro. Comprei, meses atrás “Paralelo 42”, de John Dos Passos, e devo ter lido entre 20 e 30 páginas do romance. Não precisei de mais do que isso pra saber que é um belo livro. Aí já dá pra indicar. Mas criticar um livro sem ter lido ao menos a metade dele, já são outros 500… Se bem que os livros ruins, em minha opinião, que li, foram ruins desde o início. Fui até o fim na esperança de acontcecer algo que redimisse o título. Infelizmente, isso não aconteceu.

  • Tamara Sender 14/09/2006 at 19:05

    Nem sempre o ruim começa ruim, Rafael. Há muitos casos de propaganda enganosa espalhados pela literatura. Cito um que me vem à cabeça: “O barão nas árvores”, do Italo Calvino. O livro é promissor, mas acaba degringolando e vira quase um tratado de botânica. Uma pena. Meu palpite, nesse caso, é que o tema se encaixaria melhor num conto, não num romance. Ao optar pelo gênero errado, Calvino foi obrigado a cair na picaretagem da enrolação. Com todo respeito ao cara. Gosto dele, mas seu barão, pulando de árvore em árvore, acabou perdendo o equilíbrio no meio da trama.

  • Delsio 14/09/2006 at 20:55

    Existem livros -filmes também- que demoram para tomar um ritmo e apesar de começarem mal, terminam bem.

    O Blog é conservador. Ele declara isto logo de início. Mas não está fechado à idéias interessante vindas seja lá de que lado for. O último post sobre o 9/11 é totalmente incoerente. De propósito. Reflete o atordoamento do estadunidense perante um ataque brutal e sem sentido para a mente ocidental, laica ou não!
    Não gostei dele, não deixa uma análise honesta nunca vir à tona. Só reflete perplexidade. É muito pouco.

    Abs.

  • andre lopes 14/09/2006 at 21:31

    Delsio, vc não percebe uma ironia nem quando esfregam na sua cara, né?

  • Delsio 14/09/2006 at 23:38

    Que seja então, André Lopes,apenas conservador para tirar sarro dos consevadores! Ele alegando ser um para esses fins já é bastante desonesto da parte dele.

    Eu só li o último post e achei inútil e cansativo, que tirava um sarro ,resenhando um livro supostamente conservador, que não li mas parece ser meio estúpido. Não é porque é conservador que devemos -os conservadores- achar que traz verdades inamovíveis. Assim deve pensar o mesmo dos livros de liberais os liberais.

    Abs.

  • andre lopes 15/09/2006 at 07:40

    Delsio, ironia é afirmar algo em sentido contrário ao que se deseja. Quando o blogueiro diz que ele é um conservador, é pq ele NÃO é conservador, entendeu?

    Ou você acha mesmo que uma pessoa razoável posse se informar só pela Fox News, Rush Limbaugh e monólogos de Jay Leno? Cuidado, ler reinaldo azevedo é prejudicial ao senso de realidade.

  • Delsio 15/09/2006 at 20:39

    André, Reinaldo Azevedo bate em quem for! Ele é pela razão. Eu não vejo motivo para ,ao adotarmos uma tendência conservadora, não ser irônico com que acha de errado em suas fileiras. Se você só vê preto e branco, sem nenhuma matiz então você é um tapado e usa viseiras!

    Obs. O você aqui não é você, claro!

    Abs.

  • Delsio 15/09/2006 at 20:44

    Ontem, ao ver seu comentário eu fui ao segundo (penúltimo post) e só assim explorei o hipertexto nos links. É claro que eles -os links- são o contraponto na maioria das vezes. Falha minha em não checar suas (dele) indicações.

    Abs.

  • Hipopótamo Zeno 29/09/2006 at 14:36

    Oi, Sérgio, só pra agradecer a dica, com o atraso de lei, e avisar que foi devidamente surrupiada. Cê não achou que o estilo do sujeito lembra o do Heine, do elogio desmesurado que prova por A mais B que o elogiado é um cretino de estrita observância? Tem um texto do Heine sobre o Victor Cousin, publicado num antologia brasileira dos anos sessenta, que é exatamente assim.

  • ed 30/09/2006 at 01:12

    !

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial