Jabuti para Hatoum

08/08/2006

O amazonense Milton Hatoum, com “Cinzas do Norte” (Companhia das Letras), ganhou hoje o prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, na categoria romance. A escolha é justa e nada surpreendente. Para a lista completa (19 categorias ou quer mais?), clique aqui.

5 Comments

  • hack 08/08/2006 at 21:44

    Pra compensar, quem ganhou o de contos…

  • Martina 08/08/2006 at 23:39

    justamente, hack, também fiquei indignada.

  • Saint-Clair Stockler 08/08/2006 at 23:55

    Não entendi o porquê de “indignada”? Eu tinha apostado que seria o Silviano Santiago, mas errei por pouco. Fico feliz com o Marcelino Freire. Pelo menos é a primeira vez que ele ganha. Além do mais, é um bom escritor. Merecidíssimo. O Silviano Santiago já tem prêmios demais.

  • pérsia 09/08/2006 at 17:44

    vc acha mesmo que cinzas do norte é um bom romance? relato, um achado. (o áraberaduan encontrava intelocução) dois irmãos, narração bem amarrada. mas cinzas? francamente, o pai é um canalha, mas nada se mostra, há que acreditar na fala das personagens (teve filme falado, agora é romance falado). o fundo político, mal costurado. a repetição de alguma palavrinha própria ao dialeto manauara, à exaustão. uma personagem, que de cabocla se torna perua, sem substância nenhuma. no todo, um monte de traçados inverossímeis, querendo abarcar revolução , ecologia, sexualidade… um horror. outro caso em que o resumo é muito melhor que o livro. vou ler marcelino freire, quem sabe? seu humor, lido, por comentadores aqui, parece também afetado. mas dá pra riri

  • Martina 09/08/2006 at 19:18

    fiquei indignada porque não gostei do livro, porque acho que há escritores melhores. mas prêmios são sempre polêmicos. há alguns anos o Luiz Antonio de Assis Brasil ficou em segundo lugar num Jabuti ou Portugal Telecom, não lembro qual, por um livro que achei medíocre. gosto é muito particular, certo?

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial