Livros ou e-books? Veja o vídeo antes de responder

21/12/2012

httpv://www.youtube.com/watch?v=OAEhjkSgmFc&feature=player_embedded

Achei bonitinho e simpático esse vídeo recém-lançado pela editora Intrínseca, em que um jovem casal representa no dia a dia a polêmica livro analógico x livro digital. Seu maior trunfo é não reduzir a questão a um desses duelos maniqueístas em que nossa inteligência adora se afogar, como se a complexidade do mundo pudesse ser compreendida em termos de anjos e demônios, mas em vez disso brincar com o lado bom e o lado ruim de cada suporte. Parece óbvio – e é. Mas não deixa de ser também um sinal de que o atraso tecnológico do mercado editorial brasileiro começa finalmente a ser deixado para trás.

6 Comments

  • FabioS. 21/12/2012 at 12:27

    Sérgio,

    Concordo com você, este debate além de manequeista e perpetrado por um bando de fetishista. De um lado os do livor do outro os da technologia. Veja que mesmo no video, muito bem feito por sinal, o conteùdo não passa de uma nota de rodapé.
    Abuso em ir além e chamar a atenção para o fato de esta industria do livro estar voltada para si própia e os escritores e consumidores em segundo plano. Como levar a sério um grupo que desavergonhadamente cria um cartel? Durante anos estes editores evocaram as leis do mercado, quando faziam as vezes de gatekeepers, em justificativa da publicação ou não de determnado escritor. Foram conservadores nas publicações e principalmente de suas carteiras. Hoje a lógica do mercado não lhes beneficiam e tratam de criar uma resrva de mercado em benefício, mais uma vezes, própio. Como liberal me espanto com tal atitude. Estes senhores relavam o conteúdo, os consumiroes e os escritores e no fim confundem arte com artimanha e negócio com negociata. Que Deixem os escritores ganhar dinheiro e os leitores escolher o que, como e quando ler por um preço justo.

    Abs

    (desculpe a tietagem na banca de jornal)

    Valeu, Fabio. Imagina, foi um prazer conversar com você. Um abraço e bom 2013.

  • Mayra 21/12/2012 at 14:39

    Legal este vídeo

  • Rafael 21/12/2012 at 14:47

    Sérgio,
    A observação do Fábio é perfeita: tanto faz o meio de suporte, o que vale é o conteúdo.
    Que adianta uma rica encadernação em couro, figuras coloridas de alta resolução, papel de elevada gramatura, a tipografia primorosa, se os belos caracteres reproduzirem uma história banal, apelativa, mal escrita e apinhoada de clichês?
    Uma vez, deparei-me, ao acaso, numa livraria, com um formoso livro de capa dura, em que se enfeixavam páginas lindíssimas, cheias de fotografias, em alta resolução, de quadros e estátuas renascentistas e medievais. Era a porcaria do “Código Da Vinci”, numa edição de luxo!
    Sinceramente, para mim tanto faz ler “Nostromo”, de Joseph Conrad, na elegante edição da Everyman’s Library que comprei há anos ou no meu Kindle, em que fiz questão de baixar uma versão dessa grande obra-prima.
    O resto, como disse o Fábio, é fetiche.
    Vale.

  • Elizabeth 23/12/2012 at 08:54

    Livros ou e-books? Os dois. Eu adoro ler. Achei bem legal o vídeo, Sérgio.

  • Flávia 07/01/2013 at 17:10

    Também já tinha visto esse vídeo e achei legal porque não tem apelo comercial, e mostra bem as vantagens e desvantagens de cada um! Como disseram abaixo, o que importa é o conteúdo, embora eu ame olhar as minhas prateleiras carregadas de livros bacanas que eu adoro pegar na mão e folhear de novo!

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial