O Hitler de Mailer

07/12/2006

O primeiro romance de Norman Mailer em mais de uma década, The castle in the forest (“O castelo na floresta”), com lançamento marcado para 23 de janeiro e já à venda na Amazon, abre o artigo sobre literatura – chamado, numa tradução de telemarketing, “O que os americanos estarão lendo”, não disponível online – da edição em que a “Economist” faz suas previsões para 2007. Mailer puxa a fila de apostas da revista, seguido de Dan Brown e J.K. Rowling, o que não é pouco em termos de prestígio jornalístico. Mas será que tanta gente vai se interessar? Provavelmente, sim. Manchetes, pelo menos, devem ser garantidas: o novo livro do autor de “A canção do carrasco” conta a história de uma família austríaca problemática ao longo de três gerações, até o nascimento de… Adolf Hitler, ele mesmo. Parido o menino, Mailer acompanha seu crescimento pelos olhos de Dieter, um demônio escalado pelo próprio Satã para estimular o futuro ditador nazista no caminho do Mal Absoluto. Instigante? Deve haver quem goste. Eu, que nunca tive paciência para a mescla maileriana de alta ambição literária com baixo marketing, acho que vou passar.

4 Comments

  • Saint-Clair Stockler 07/12/2006 at 21:40

    Meio bobo um Hitler-menino que é “guiado” para o Mal. Para mim o mal dentro de Hitler era isso mesmo: algo que brotava de dentro e não algo estimulado de fora.

  • Mr. GHOST(WRITER) 08/12/2006 at 14:14

    Típico da humanidade colocar a culpa de sua natureza vil em forças sobrenaturais… mas quem sabe dá até um caldo… entra na fila, só que não na lista de auto-presentes natalinos…

  • Fabio Negro 09/12/2006 at 12:42

    Sérgio, leu A LUTA, do Mailer?
    Convém ler imediatamente depois o livro O Rei do Mundo, do jornalista David Remnick.

    Apesar de não ser o assunto de nenhum dos dois livros, Mailer aparece como alguém incrivelmente egomaníaco.

  • Jonas 11/12/2006 at 11:03

    É verdade que o Mailer vale muito menos do que ele mesmo pensa que vale. Mas vai ser bom tê-lo de volta falando besteiras e provocando algumas polêmicas para termos bastante assunto.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial