Pequena antologia online: contos brasileiros de carnaval

04/03/2011

Bloco carioca Suvaco de Cristo (Ricardo Moraes/Reuters)

Folião cerebral, do tipo que sempre valorizou mais uma virada de enredo que uma virada de bateria, fiz um garimpo na grande rede instigado pela aposta de que seria possível montar uma boa antologia de contos de carnaval só com textos disponíveis online, de preferência na íntegra. Deu certo.

A meia dúzia de contos abaixo – todos acessíveis a quem clicar sobre os títulos, sem necessidade de baixar arquivos – deixa claro que as relações entre a folia momesca e a literatura brasileira, com perdão do clichê, sempre deram samba.

Destaque absoluto para o aterrorizante O bebê de tarlatana rosa, obra-prima de João do Rio, imbatível na captação do lado negro de uma festa solar. De resto, tons sombrios se fazem presentes – o que, pensando bem, não chega a ser surpresa – em praticamente todas as histórias.

Pena que o conto Caprichosos da Tijuca, de Marques Rebelo, e a crônica A batalha do Largo do Machado, de Rubem Braga, não estejam online. Presenças obrigatórias em qualquer antologia analógica sobre o tema, espero que esta menção compense de alguma forma sua ausência. O conto de Rubem Fonseca tem apenas um trechinho disponível, mas sua qualidade me levou a incluí-lo na lista mesmo assim.

Por fim, peço desculpas ao leitor pelo atrevimento de me meter em tão ilustre companhia, mas, caramba, é carnaval. Não há quem se fantasie de Napoleão?

.

1. João do Rio: O bebê de tarlatana rosa, incluído em “Os cem melhores contos brasileiros do século” (Objetiva).

2. Clarice Lispector: Restos do carnaval, de “Felicidade clandestina” (Rocco).

3. Aníbal Machado: A morte da porta-estandarte, do livro de mesmo nome (José Olympio).

4. Lygia Fagundes Telles: Antes do baile verde, do livro de mesmo nome (Companhia das Letras).

5. Rubem Fonseca: trecho de Fevereiro ou março, de “Os prisioneiros” (Agir).

6. Sérgio Rodrigues: A máscara, ainda inédito em livro.

9 Comments

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial