Philip Roth na pista de dança

14/07/2009

Chico Buarque ganhou uma nova e ilustre companhia naquela estrada entre a literatura e a música. Philip Roth acaba de estrear como vocalista – ou ululador – nesta vinheta dance que está virando um sucesso cult na internet, produzida pelo crítico James Marcus a partir de um trecho de entrevista em que o escritor ridicularizou, ganindo, a adaptação cinematográfica de “O complexo de Portnoy”.

6 Comments

  • gilvas 14/07/2009 at 13:44

    não é difícil imaginar, num extremo, esta adaptação como um parente não tão longínquo de, digamos, american pie. medo. e isto porque eu nem vi a adaptação de marca humana.

  • Rafael 14/07/2009 at 13:56

    Sucesso cult? Belo oximoro, Sérgio.

    Pelo jeito, a cota de notícias que a Flip poderia prover esgotou-se. É hora de virar a página.

    Vale

  • C. S. Soares 14/07/2009 at 18:21

    Conhecem o grande rapper mineiro C.D.A. ? http://www.youtube.com/watch?v=ZxMl7Iz51II

  • Alexandre 14/07/2009 at 18:49

    Vai Passar

  • Carlos Eduardo 14/07/2009 at 19:43

    Se até o cinema de Wood Allen o Roth acha raso, imagine o que pensa de outros cineastas, sobretudo se eles pegam um enredo como o de Complexo de Portnoy…

    Ao contrário de muitos escritores brasileiros, Philp Roth escreve sobre sexo com bom gosto. E odeia cinema de quinta categoria.

  • C. S. Soares 15/07/2009 at 17:02

    Sergio, para vc e os demais que gostam:

    Raymond Chandler’s Brief Acting Career

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial