Pornografia em dois tempos

09/07/2008

“Tentei ser oswaldianamente pornográfico… folclorizam-me”, diz Xico Sá em seu blog, considerando incompreendida sua participação numa mesa flipesca que, também por causa da licenciosidade do cronista, o Todoprosa achou inesquecível. Só não entendi uma coisa: pornografia oswaldiana é folclore puro, Xico. Folclorizar o quê?

Mas para quem não agüenta mais ouvir falar em Flip – eu, por exemplo –, boa mesmo é essa história do blogueiro americano que comprou de uma respeitável senhora um lote de livros usados que o marido lhe deixara de herança e, chegando em casa, descobriu que vários volumes tinham sido escavados por dentro, transformando-se em perfeitos estojos.

Até aí, tudo bem. Já vi esse truque no cinema, livros que contêm pequenas garrafas de bebida e até pistolas. Mas os estojos que o blogueiro comprou da boa viúva acomodavam outra coisa: um grande número de polaróides de pornografia caseira, estrelando o falecido, na época bem vivo, com todo tipo de mulher – menos a própria, supõe-se. Esta, presumivelmente avessa à leitura, nunca descobriu o segredo cabeludo, todos aqueles lombos por trás das lombadas.

Nada como conhecer a cara-metade.

7 Comments

  • Milton Ribeiro 09/07/2008 at 11:22

    O Xico Sá é muito inculto, Sérgio. Deixa ele.

  • Tibor Moricz 09/07/2008 at 11:27

    Taí uma literatura de primeiríssima qualidade! Quem dera eu comprar de uma velha e ignorante senhora uma material rico desses, né?

  • Claudia Freire 09/07/2008 at 11:57

    Essa história do blogueiro americano é muito engraçada, enquanto a história da tal viúva que vendeu a coleção cola muito bem com as coisas de Nelson Rodrigues.
    Essa viúva, que não julgo como boba ou infeliz, tem dois graves defeitos: não saber com quem vivia (nem digo dormia) e não ter, no mínimo, curiosidade de folhear livros (também nem digo lê-los).

  • Fábio 09/07/2008 at 13:53

    Para dar mais ares de ficção à história, o blogueiro revelou em outro post que pretende leiloar a coleção através do ebay. Nada como faturar em cima da sacanagem/inocência dos outros!

  • Clara 09/07/2008 at 14:50

    Realmente achei o Xico Sá um tanto pornográfico de início, mas mesmo assim(ou seria por isso mesmo?) gostei muito.

  • Haydeé 10/07/2008 at 02:25

    Muito boa a história do blogueiro americano..rss . Sérgio, eu também cansei de Flip.
    Abraço!

  • Camila 10/07/2008 at 11:56

    “Estrelando o falecido” é maravilhoso… A notícia já foi devidamente encaminhada para o Bacchus do ErosBlog.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial