Poupe a vida de Harry Potter, JK!

02/08/2006

Num evento literário beneficente de que participaram ao lado de JK Rowling ontem à noite, no Radio City Music Hall, em Nova York, John Irving e Stephen King fizeram um apelo à autora para que poupe a vida de Harry Potter no sétimo e último livro da série sobre o jovem mago, que ela está escrevendo – notícia completa, em inglês, aqui. Ela não prometeu nada. “Estou cruzando os dedos pelo Harry”, disse Irving. Parece bobagem, e é. Mas muitas piscinas de lágrimas estão em jogo.

18 Comments

  • Martina 02/08/2006 at 19:53

    Será que o Stephen King vai dar uma de “Misery”?

  • Saint-Clair 02/08/2006 at 20:29

    Eu também não gostaria que ela o matasse.

  • Fernando 02/08/2006 at 21:20

    Eu também não gostaria que ela o matasse; e não gostaria de ver o meu Internacional eliminado na Libertadores da América; e não acho que esse tipo de coisa seja “bobagem”. A realidade a que chamamos “vida” não é feita apenas de meditações transcedentais, mas também de pequenas alegrias, que freqüentemente não tem importância alguma para os destinos do universo.

  • Marcus 03/08/2006 at 00:19

    Puxa, belo comentário, Fernando.

  • Writing Ghosts 03/08/2006 at 01:30

    MATA! MATA! MATA!

  • Writing Ghosts 03/08/2006 at 01:31

    …PULA! …PULA! …PULA!

  • Writing Ghosts 03/08/2006 at 01:33

    … porque morrer também faz parte da vida – e se for um personagem fictício, então, não vai fazer nem cosquinha nos destinos do Universo.

  • Simone 03/08/2006 at 01:34

    É óbvio que ela não vai matar ninguém. É factóide. Como o pacote que a velhinha deixou na portaria do João Ubaldo Ribeiro e J.T. LeRoy. Rowling vai se recusar a escrever mais com o personagem, no entanto. Daqui a 20 anos vai mudar de idéia, bem a tempo para confeccionarem o box comemorativo.

  • BCK 03/08/2006 at 07:58

    Enquanto ela não matar o menino ela não vai parar de ouvir “escreve mais um, escreve mais um!”

  • Fernando 03/08/2006 at 10:48

    Que erro o meu: defender o Harry Potter e o Internacional numa página dominada por Death Eaters gremistas! Tudo bem, peço desculpas: viva o Voldemort, o Renato Gaúcho e o núcleo transcendental da filosofia kantista! E MORTE A POTTER!

  • Fernando 03/08/2006 at 11:27

    Uma nota mais séria: na noite de ontem JK Rowling respondeu a perguntas do público, logo após ler trechos de seu último livro no Radio City Music Hall em NY. E uma das pessoas que levantou-se em meio ao público para formular pergunta foi Salman Rushdie — aquele dos Versos Satânicos. Sabem o que ele perguntou? Se Snape era realmente mau. Como vêem, ele também se diverte com o Harry Potter…

    PS. A notícia (em inglês) pode ser lida em http://www.the-leaky-cauldron.org

  • izaq bast 03/08/2006 at 14:00

    pra mim nao faz diferença,uma porcaria dessas,essa rowling,é uma satanista de mao cheia,se nao cuidar vai arder no quinto dos infernos,por escrever tantos livros com conteúdo malefico,nao é atoa que a sociedade está cada vez mais longe de DEUS.escritores como ela paulo coelho,luiz fernando, nao me faz falta.

  • Estrela 03/08/2006 at 16:16

    Ahhhhh adoro os livros do Harry Potter…não quero que ele morra também!
    Ah Izaq, fala sério, o que Deus tem haver com isso….é cada uma!

  • Voltairine 03/08/2006 at 18:43

    Harry eh divertido faz as criancas se habituarem a ler, a usar a fantasia e provoca sim uma serie de reflexoes muito curiosas nas criancas. Os adultos eh que nao estando muito acostumados a prestar atencao no que os pequenos dizem eh que nao percebem a profundidade de certos questionamentos deles expressos numa linguagem bem simples, mas que eh a deles.
    Se todo mundo desse atencao de verdade as conversas deles e entrasse pra guiar a conversa com jeito, este bruxinho ia dar pano pra manga. Ah se ia.

  • DanceMania 03/08/2006 at 18:57

    Vcs realmente pensando que as editoras [sim no plural porque a dona do direito de vender a história é pressionada pelas outras que pagam pelo direito de ipressão/venda] iriam deixar que o ganso dos ovos de ouro morresse? Que nada! Da série Harry Potter só se pode tirar de utilidade fazer que as crianças leiam além de livro de colégio e revistinha de fofoca. Mas atentem que, no Brasil – que nos interessa, realmente – quantas crianças sabem ler e compreender algo? JK Rowling dá tudo ‘mastigado’ demais, e mesmo ficando adolescente, o ‘bruxo’ não vai além de intrigas com o assassino dos pais, nada e nenhum assunto que realce a criticade infantil e, aparentemente, dos adultos q lêem tal ficção.

  • Voltairine 03/08/2006 at 19:27

    Ouca a conversa das criancas, e deixe de ser preconceituosa DanceMania

  • Mico Preto 03/08/2006 at 21:35

    Se a JK matar ele, já vai tarde. É um bruxo sem personalidade, não faz nada, não decide nada, não intervém em nada. Um péssimo exemplo pras crianças. Chatíssimo. Snape é o cara. Voldemort, idem. Melhor ainda o Cyrius Black. Os vilões são os caras nessa saga enfadonha. Se ele morrer, fica melhor. De quebra pode levar o Hagrid (putz…faz dormir), a Hermione e o ruivo…esqueci o nome.

  • Rafael Rodrigues 06/08/2006 at 20:31

    Epitáfio de Harry Potter: “Já vai tarde. Amém.”

  • tau 24/10/2008 at 09:23

    não mate HARRY POTTER o mundo o ama….

  • tau 24/10/2008 at 09:27

    tem que ser muito tolo pra dizer que devem matar o harry Né?????

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial