Ressurreição

14/06/2008

O que o governo federal (ou seria melhor, diante da preocupação geral em não deixar impressões digitais, usar aqui um sujeito indeterminado?) está tentando fazer com a CPMF, poucos meses após sua morte, tem em nossa língua um nome cheio de conotações religiosas: ressurreição, do latim resurrectionis, parente do verbo ressurgir. Só pode ressuscitar – isto é, reanimar-se, manifestar-se outra vez – aquele ou aquilo que estava morto.

Como se sabe, a ressurreição é uma impossibilidade no reino da ciência e, no dogma católico, um poder reservado a Deus. No mundo das metáforas, porém, nada nos impede de empregá-la com liberalidade. Entre muitos outros casos de volta à vida, fala-se por aí na ressurreição de modismos, de carreiras e até, no sentido figurado, de pessoas que estavam apagadas ou esquecidas. Se de algum tempo para cá ficou mais comum, pelo menos em certos círculos, usar nesses casos a palavra revival, emprestada do inglês, vale observar que ela significa a mesma coisa – não faltam nem os contornos religiosos.

Ateus, agnósticos ou pessoas de outras orientações espirituais que se incomodarem com a forte carga cristã de ressurreição têm outras escolhas no dicionário. A primeira é clássica: tratar a CSS como uma fênix (do grego phoiniks), ave que, segundo um mito de milhares de anos de idade, tem a capacidade de renascer de suas próprias cinzas.

Para quem a fênix parecer muito distante de nossas raízes culturais, a melhor opção é dar ao novo tributo o tratamento de zumbi, um espírito que vagueia ou, mais especificamente, um morto vivo, segundo algumas religiões de origem africana. A palavra veio do quimbundo nzumbi e se faz presente tanto aqui quanto no inglês zombie – língua na qual inspirou uma farta produção de filmes de terror de péssima qualidade. Pensando bem, zumbi é a escolha ideal.

Publicado na “Revista da Semana”.

6 Comments

  • Francisco Petelinca 14/06/2008 at 20:01

    Por que será que em todas as esferas de governo, seja federal, estaduais e municipais, ninguém se lembra de RESSUCITAR NESTE PAÍS a decência, a honestidade e o patriotismo, ha tanto tempo deixados de lado, esquecidos mas insepultos.

  • Ww. 14/06/2008 at 21:35

    Quem precisa de patriotismo?

  • moacir palmeira alves 15/06/2008 at 00:20

    Somos a raiz dessa sociedade política

  • RICARDO PRADO MIGUEL 15/06/2008 at 11:10

    DEPOIS QUE A CPI DA FARRA DOS CARTÕES CORPORATIVOS ACABOU DAFORMA QUE ACABOU ,EM PIZZA! ONDE MARISA SERRANO, DEPUTADA DO MEU ESTADO ~DIRIGIU ESTA CPI EU NÃO PODERIA ESPERA OUTRA COISA, POIS O “CORPORATIVISMO DENTRO DO CONGRESSO”, ONDE POLITICOS LUTAM PELO SUA SOMBRA, SOBRE APROVASÇÃO DO NEFASTO PRESIDENTE LULA, ONDE A CURRUPÇÃO ARMADA É PELO PODER SEM SE PREOCUPAR COM OS “MEIOS”, ONDE MARCOS VALÉRIO FOI PUNIDO NO PROCESSO DA CPI DO “VALERIODUTO”,COM DOIS SÁLARIOS MINIMOS!
    ONDE MINISTROS PRIVILIGIAM NEGOCIAÇÕES COMO A COMO DA VARING LOG , NADA! NADA VAI ASSUSTAR MAIS ESSE POVO AMORTECIDO E ESSA IMPRENSSA COMPRADA ,DISSE COMPRADA SEM EXCESSÃO, ONDE O NOTICIARIO É DIRIGIDO E MANIPULADO PARA BENEFICIAR E ATÉ DESVIAR A ATENÇÃO DA OPINIÃO PUBLICA E O MINISTÉRIO PÚBLICO, ONDE ATÉ AI HÁ MANIPULAÇÃO,INFELIZMENTE , TEREMOS QUE AMARGAR MAIS UM IMPOSTO QUE A PRETESTO DE “MELHORAR A SAÚDE” ,QUANDO TINHA A CPMF NÃO MELHOROU NADA, E SIM PARA OS DESMANDES E ACHAQUES DOS COFRES PÚBLICOS AI SIM O QUE SOBRA PARA ALGO A QUE SE DESTINA.
    SOU A FAVOR DE RECUSSITAR A “MONARQUIA”, VIVA OS ORLEANS DE BRAGANÇA” , POIS SÓ ASSIM COM UM PARLAMENTARISMO MISTO ESSE PAÍS SERÁ UMA NAÇÃO SÉRIA E FECHAREMOS OS RALOS DA CURRUPÇÃO ONDE NOSSOS RECURSSOS SERÃO DEVIDAMENTE APLICADOS AO INTEREESSE DO NOSSO POVO.

  • ronaldo 15/06/2008 at 12:45

    aprovasção, currupção, priviligiam, povo amortecido, imprenssa, pretesto, reçussitar, recurssos. interesse público urgente é investimento na educação.

  • ANTONIO JORGE BACHA 15/06/2008 at 13:10

    TOLERÂNCIA ZERO PRO SISTEMA BRASILEIRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, OU SEJA, VC MONTA UMA MÁQUINA (PÚBLICA) E COMEÇA TER O DIREITO DE COBRAR POR SERVIÇOS QUE NÃO FAZ (PODERES EXECUTIVO, LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO)
    TUDO PAGA PEDÁGIO NESSE PAÍS ATÉ OS APOSENTADOS.
    SOCIEDADE CORRUPTA, POLÍTICOS CORRUPTOS. UM É FRUTO DA ÁRVORE PODRE.
    ALGUEM TEM QUE FAZER ALGUMA COISA PORQUE SÓ A MÁQUINA DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO ESTÃO FUNCIONANDO O RESTO NADA MAIS FUNCIONA.
    PRECISAMOS URGENTEMENTE NOMEAR UM GESTOR QUE NÃO SEJA VOTADO PARA: EXECUTIVO, LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO.
    PORQUE SE VOTAR JÁ VEM CONTAMINADO.
    aprovas são: currupção, priviligiam, povo amortecido, imprensa, pretesto, reçussitar, recursos. interesse público urgente é investimento na educação.
    Como passamos esse ano sem impostos e a máquina andou da mesma maneira até melhor. Propaganda negativa do SUS encomendada pelo Governo pra justificar a criação do CSS. O POVO NÃO É BURRO É EXCESSIVAMENTE PASSIVO. QUEIMAMOS AS GERAÇÕES DE 40,50,60 PRA NADA. ATÉ OS ANOS 60 VIVIAMOS MELHOR, COM MELHOR SAUDE, SEGURANÇA E ENSINO. AGORA GANHAMOS MAIS MAS TEMOS MENOS CULTURA. TUDO QUE SEI AGORA NÃO ESTÁ MAIS NAS NOSSAS CABEÇAS E SIM NA NET. ISSO É EDUCAÇÃO E EVOLUÇÃO?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial