Românticos de Cuba – e do Quirguistão

22/02/2013

O Pop Literário de Sexta de hoje começou a nascer quando li esta notícia (em inglês) sobre a homenagem que o Royal Mail, o correio britânico, está fazendo a Jane Austen para comemorar os duzentos anos do romance “Orgulho e preconceito”: o lançamento de uma bonita série de selos inspirada em seus livros.

Com motivos literários ou não, selos como veículos de homenagem têm uma longa tradição. Que continua viva, embora o mundo digital tenha condenado esses pequenos pedaços de papel – como as próprias cartas que eles adornam – a uma decadência que parece irreversível.

O fato é que sem Jane Austen eu não teria desencavado no Google a sensacional cartela de selos aí de cima, pertencente ao acervo de temática literária do colecionador James M. Hutchisson, exibido nesse site.

O nome da bizarrísima série emitida recentemente pelo Quirguistão – ex-república soviética que faz fronteira com o Casaquistão, o Uzbequistão e a China – é “Sonhos do século XX”. Aparentemente, a ideia era fazer uma síntese da história de Cuba.

Num estilo em que o realismo socialista pede a bênção à estética fumegante dos velhos cartazes de cinema e das capas de pulp fiction, vemos na mesma festa Fulgencio Batista e Fidel Castro, que o derrubou do poder, além do escritor cubanófilo Ernest Hemingway olhando torto com o umbigo de fora enquanto sua namorada, Ava Gardner, toma um chegadão de Che Guevara. Uma maravilha. Só senti falta de Yoani Sánchez.

2 Comments

  • Silvio 22/02/2013 at 13:48

    Sérgio, do assunto “socialismo” eu só quero distância. Mas sobre a Jane Austen, espero que essa seja apenas uma de muitas iniciativas em comemoração aos duzentos anos de publicação desse marco da literatura universal que é ‘Orgulho e Preconceito’. O que vou dizer vai soar de uma pieguice terrível, mas é a verdade: só de falar das obras dessa senhora inglesa já fico emocionado. Viva Jane Austen: http://www.youtube.com/watch?v=InNnf4dI9AE

  • Rosängela Maria 24/02/2013 at 16:57

    Essa não!Eu ia pedir ao Sergio para escrever alguma coisa sobre a Yoani, e não é que até ele sentiu falta dela…

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial