O choro de Saramago

23/05/2008

O link já anda circulando por aí, mas merece circular mais. José Saramago chorou quando terminou de assistir ao filme “Blindness”, baseado em seu romance “Ensaio sobre a cegueira”. Enquanto rolavam os créditos finais, disse que estava tão feliz quanto ao terminar de escrever o livro. O diretor Fernando Meirelles, ao seu lado, sapecou-lhe um beijo na careca. O alívio de Meirelles foi tão evidente que parece ter valido mais que uma possível – embora improvável, a julgar pelo mau humor da crítica internacional – Palma de Ouro em Cannes neste domingo.

A bonita cena está no YouTube (dica de André Gonçalves, do Farinhada).

14 Comments

  • Breno Kümmel 24/05/2008 at 00:31

    Bonito, bonito.

  • shirlei horta 24/05/2008 at 06:15

    Vai demorar duzentos anos pra eu poder ler o “Ensaio…”. Vou acabar assistindo ao filme antes.

  • André Gonçalves 24/05/2008 at 10:22

    bonito, né?

  • Chico 24/05/2008 at 11:34

    É. Sem palavras.

  • Roberto 24/05/2008 at 16:33

    Caros, não tenho conhecimento no âmbito da sétima arte sobre um elogio tão sólido quanto esse para adaptação de um romance para o cinema.
    Esse é a maior crítica de todas.
    O autor falar para todos que teve a mesma emoção de quando escreveu o livro.
    Acredito que essa seja o maoir prêmio da carreira de Fernando.
    Não tenho conhecimento de nenhum diretor tenha recebido um elogio como esse.
    Viva o cinema. Viva a Fernando Meirelles.
    E a crítica? Como fica agora?
    Isso tinha que passar no Jornal Nacional.
    Essa é a minha dica.
    Sergio, você que é jornalista poderia enviar isso para redação do JOrnal Nacional.
    Abraços.
    Roberto.

  • Cléverson Faria Costa 24/05/2008 at 17:39

    Prezado Sergio.

    É emocionante a emoção do escritor e a felicidade do Meireles. A leitura que o Saramago faz do filme vale mais que a leitura da crítica cinematográfica. Afinal, o filme acabou recebendo o maior prêmio entre todos os prêmios possíveis.

    Abraços.

    Cléverson.

  • gustavo oliveira 24/05/2008 at 19:52

    esse é o maior premio que o filme poderia ter recebido…
    bonito mesmo

  • denny 24/05/2008 at 20:03

    Conheci há pouco seu blog.
    Parabéns, é muito bom.

  • Cezar Santos 24/05/2008 at 22:03

    Cena linda, né? Ainda quando se sabe que o Sal+Amargo é um tanto turrão…
    Pontos pro Meirelles, um baita cineasta.
    To louco pra ver o filme.

  • clara lopez 25/05/2008 at 17:28

    Sergio, parabéns pelo novo layout do site, está muito bonito e acolhedor. Espero poder estar mais vezes aqui do que pude no espaço anterior, me sentia meio deslocada ali, seus leitores pegavam um pouco pesado, embora você tenha sido sempre muito atencioso e educado. Enfim, coisas da grande rede. Parabéns, de novo e que tudo dê certo por aqui.
    um abraço,
    clara lopez

  • Talita Duvanel 25/05/2008 at 23:40

    Emocionante a reação de Saramago. Mas confesso que ainda tenho medo do que pode ter se tornado um dos meus livros favoritos adapatado à tela de cinema

  • Sérgio Rodrigues 26/05/2008 at 10:06

    Clara e Talita, apareçam sempre. Não deixem a presença feminina entre os comentaristas do Todoprosa cair abaixo dos limites mínimos recomendados pela OMS!

  • Noga Lubicz Sklar 26/05/2008 at 12:42

    com ou sem palma de ouro, e mesmo sem ter visto o filme que tantos criticaram, sou fã desse fernando meirelles.

  • Cris 28/05/2008 at 18:00

    Já havia visto o vídeo… sem comentários.. apenas lágrimas.

    (contribuindo para os limites mínimos recomendados pela OMS)

    :-)

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial