Voto

27/09/2008

Voto, do latim votum, é uma palavra que veio do vocabulário religioso para entrar no da política. Seu sentido original, que ainda conserva, é o de promessa, desejo íntimo, e por extensão o de oferenda com que se paga tal promessa, consagração. Do voto de castidade dos padres aos votos de boas festas, das velas votivas aos ex-votos com que os fiéis agradecem as graças que acreditam ter recebido de Deus ou de algum santo, não faltam exemplos da permanência desse núcleo semântico religioso na linguagem moderna.

De forma menos evidente, as bodas (casamento) também têm a mesma origem, segundo a maioria dos etimologistas. E a própria palavra devoção é descendente de votum, particípio do verbo latino vovere (obrigar-se, prometer), um termo de raiz indo-européia aparentado de outros do sânscrito e do grego.

Se a história do voto devocional vem de muito longe, seu sentido político hoje dominante – “modo de manifestar a vontade ou opinião num ato eleitoral ou assembléia”, segundo o Houaiss – é bem mais recente. Registrada em inglês a partir do século 15 ou 16, consta que essa acepção da palavra vote nasceu no parlamento da Inglaterra e logo foi importada pelas línguas latinas, a começar pelo francês.

O voto político tem em comum com os significados religiosos da palavra apenas o suficiente – a expressão de um desejo íntimo – para que seja possível compreender a lógica que determinou seu surgimento. Quem quiser ir um pouco mais longe e lhe atribuir também um certo ar solene, no sentido de que, ao votar, assumimos um compromisso com nossas escolhas, vai descobrir que a etimologia não lhe nega argumentos para sustentar esses arroubos poéticos. No entanto, convém parar por aí. A riqueza semântica da palavra não esconde o fato de que religião e política nunca deram boa mistura.

Publicado na “Revista da Semana”.

44 Comments

  • CARVALHAL 27/09/2008 at 16:13

    ISSO SÓ PODIA TER SAIDO DESSA PORCALHADA DE IGREJA CATOLICA.
    ATÉ QUANDO VÃO SER IDÓLATRAS?
    O ÚNICO DEUS VIVO, QUE É PAI FILHO E ESPIRITO SANTO.
    É O DEUS DE DAVI DE ABRÃAO DE ISAQUE DE JACÓ E POR AI VAI.
    O BRASIL ESTA DESSE JEITO GRAÇAS A IGREJA CATÓLICA E SEUS ABESTALHADOS.

  • Revista da semana 27/09/2008 at 17:07

    Viu que coisa boa que achei ,não sabia que voto de votar politicamente tinha algo em comum com voto religioso!
    Bom domingo

  • Silva 27/09/2008 at 17:38

    Carvalhal, seu comentário mudará para sempre minha visão do mundo. Quem são os abestalhados no seu ponto de vista? Vai estudar, adquirir cultura, conhecimentos e abrir esse sua mente (dotada de cérebro de ervilha inchada) antes de escrever besteira preconceituosas.

  • André Cenedesi 27/09/2008 at 18:37

    Caramba! Cada vez que eu penso que não vou encontrar um cretino comentando, eu acabo achando.
    Só posso crer que tipos como esse chegam em uma página dessas por acaso, pois com o nível mental desses espécimes, não é possível crer que vieram direto para cá.

  • EDASSIL 27/09/2008 at 18:38

    É lamentável com ainda em pleno século XXI existem pessoas com mente tão tacanha. Não exergam um palmo adiante do próprio nariz. Todos sabem quem é o único Deus Vivo. A igreja verdadeira não tem nada a ver com a situação atual do Brasil.Isto vem desde o Brasil Colônia. É bom estudar mais ao invés de ter o coração endurecido e bancar o hipócrita.

  • André Cenedesi 27/09/2008 at 18:40

    Detalhe que faltou ao comentário anterior: Parabéns ao Sérgio pelo texto.

  • Cátia Cristina Tavares da silva 27/09/2008 at 18:52

    Muito interessante o texto! A política tem a ver com a religião porque cada pessoa humana é um ser político, independente da opção partidária. Para a consolidação da democracia é fundamental que andem livres uma da outra.

  • MACHADO 27/09/2008 at 20:11

    TUDO QUE DEUS FEZ É BOM SE USADO PARA O BEM.

  • JÚLIO CÉSAR 27/09/2008 at 21:38

    MENSAGEM PARA CARVALHAL. O QUE TÚ ESCREVEU TEM HAVER COM O TEXTO? ME PREOCUPO QUE GENTE COMO TÚ QUE ANDA POR AÍ SE CONSIDERANDO NORMAL. A IDOLATRIA DA BÍBLIA NÃO TEM NADA HAVER COM AS IMAGENS DA IGREJA CATÓLICA. SE VC. NÃO SABE, O MESMO DEUS QUE PROIBIU DE FAZER IMAGENS Êx 20,4-5 LEIA TBM Deut 4,15-16. PERMITIU E AUTORIZOU QUE FIZESSE IMAGENS Jo 3.14-15 E TBM. Êx 25,18-20. CARVALHAL, AGES COMO CRISTÃO, AME O PRÓXIMO. SEJA HUMILDE E PREGUE A PALAVRA DE DEUS PARA CONCILIAÇÃO E NÃO PARA A GUERRA.
    O DIREITO DE CRÊR A DEUS É DIVINO E NINGUEM PODE SER RESPEITADO SE NÃO RESPEITA. CUIDADO, CRISTO PREGOU: QUEM FERE COMA ESPADA SERÁ FERIDO. EM RESUMO, QUEM BATE, APANHA TAMBÉM…
    TENHA AMOR E NÃO ÓDIO. ASSIM COMO O CORAÇÃO DOS OUTROS É UMA TERRA QUE NINGUEM ANDA, A FÉ TAMBÉM É PESSOAL. NÃO SOU CATÓLICO, MAS GOSTO DECOMPARTILHAR A VISÃO DE DEUS COM OUTRAS FÉS.
    FIQUE NA PAZ.

  • luiz 27/09/2008 at 22:03

    gostei do exclarecimento sobre o voto. ja tinha uma vaga idéia.
    quanto ao comentario do Sr Carvalhal, ele apenas quer aparecer. deve ser um sujeito com uma vida um tanto confusa. É digno de pena.

  • silas 27/09/2008 at 23:33

    que pena! quantas pessoas equivocadas. O que significa a palavra pergamo.(união do estado com a igreja). claro que a palavra igreja, significa chamados para fora. Do que? do mundo. e que é o mundo? todo paradigma de sistema criado pelo homen em substituição do criador.Em apocalipse quando o Senhor referiu a pergamo ele diz onde estar o trono de satanas. justamente no período da união do poder político com a igreja(promovida pelo então imperador romano constantino) em torno de 330 depois da vinda de Deus na terra. Daí adentrou no seio da igreja todo tipo de aberração provindos dos cultos babilônicos mesclados com judaísmo. O clero (que o Senhor chamou de doutrina dos nicolaítas) que significar torna que é comun em algo de particularidade de um grupo seleto de pessoas. Onde o Senhor diz também estar os adeptos de balaão, que nos anos da peregrinação do povo de Deus no deserto, o profeta balaão vendeu aos amalaquitas o povo do Senhor. Com todos esses relatos Históricos e contudentes a luz das escríturas, realmente tem sentido o desabafo do cidadão carvalhal. Mas contudo o nosso Senhor e Salvador Jesus Crísto quer que todos cheguem ao pleno conhecimento da verdade e isso jamais será feito no ódio aos nossos irmão que acham pelo fato de fazer parte de uma instituiçaõ, estão isentos de ignorância. Que a paz do Nosso Senhor esteja com todos que crêem que Jesus Crísto é o SEnhor. “CONHECEREIS A VERDADE, E A VERDADE VOS LIBERTARÁ.”

  • RAK 28/09/2008 at 07:16

    COITADO DESSE CARVALHAL: SÓ PODE SER UM MANÍACO, DEVERIA ESTAR INTERNADO NUM HOSPÍCIO, ELE NÃO SABE QUE A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA GARANTE A LIBERDADE DE RELIGIÃO…

  • Carlos Alberto 28/09/2008 at 07:34

    Há indício de que não só o voto, mas sistemas de governo com líderes para o povo, que resolveram ser governados por pessoas sem a iluminação da palavra de Deus e isto não se iniciou com a Igreja Católica e sim no povo antigo. É preciso tomar cuidado com o fanatismo religioso que pode levar a distorções políticas partidárias e nos diversos setores de nossa sociedade, as quais podem destruir tudo o que de bom conseguimos construir, por ser uma instituição com fundamentos sólidos, a Igreja prima pelo bem estar, harmonia, paz, concórdia, pela vida, e tem sido espelho pra solução de muitos problemas sociais.

  • Luiz 28/09/2008 at 12:39

    Creio que todos que leram o texto, de alguma forma o entendeu. E com certeza deve ter acrescentado algo. Deixemos nossas “conveniências” de lado. Deixo a todos uma frase para reflexão: “Religião divide, espiritualidade une.”

  • Renata 28/09/2008 at 12:43

    Gente, o q esse kra quer é chamar atenção, é uma criatura perturbada, o q ele quer é chatear os católicos sabe-se lá pq, se ninguém der bola ele pára, como aqueles cachorros q saem atrás do carro sabe??Huauua

  • cilas francisco da silva 28/09/2008 at 13:22

    Alô vocês comentaristas amadores iguais a mim,não sabem vocês que religião e politica são como linhas de trem;andam peralelas mas nunca vão se encontrar,quanto as opiniões anteriores,cada um têem as suas são apenas passivas de apreciação e o comentarista do voto apenas quis mostrar cultura jornalistica;não fiquem falando coisas ou opiniões pessoais e polemicas para confundirem mais as mentes dos incautos

  • cilas francisco da silva 28/09/2008 at 13:23

    sobre?????

  • o pobre 28/09/2008 at 14:10

    IRMÃOS TODOS, DEMOS GRAÇAS A DEUS POR ESTE COMENTÁRIO DO AMIGO CARVALHAL! ISSO ACONTECE É PARA QUE REZEMOS POR ELE ! PERDOEMOS ESTAS PESSOAS ! DEUS DOBRA TODO CORAÇÃO DURO NA HORA OPORTUNA QUE ELE QUER ! ISSO ACONTECE PARA NÓS CRISTÃOS VERMOS COMO ANDA O MUNDO ! E TAMBÉM ACHO QUE TUDO SE ENCONTRA UM DIA, E TODAS AS COISAS BOAS DE DEUS (LINHAS PARALELAS….) UM DIA VÃO SE ENCONTRAR SE FOR PARA A GLÓRIA DE DEUS! A PAZ DE CRISTO A TODOS IRMÃOS PAGÃOS E CRISTÃOS!! PERDOEM A TODOS!!

  • Edelmar 28/09/2008 at 14:33

    Carvalhal atingiu seu objetivo: desviou a atenção do artigo para seu posicionamento pessoal. Queiramos ou não, gostemos ou não, o direito de expressão deve ser absoluto. Errado é dar atenção ao que é expressado extemporânea e inadequadamente. Porém defendo o direito do Carvalhal se expressar. É importante para a democracia que opiniões como a dele ganhem espaço para vir a tona. Funciona como uma ferida purulenta que se abre ao mundo exterior para expelir o seu conteúdo e dar a nós, que nos consideramos saudáveis, essa sensação de superioridade. A superioridade de quem julga conhecer.

  • Gerson 28/09/2008 at 15:13

    Vamos pegar leve, afinal é um comentário sobre voto, será que precisa agredir a fé de outras pessoas para demonstrar que não é simpatizante da religião dos outros, sou evangelico e não acredito ser preciso usar esses termos, é só uma questão de preferencia afinal é so um voto gente não é o fim do mundo Deus abençõe.

  • Thiago Carvalho 28/09/2008 at 15:33

    RE PARA JÚLIO CÉSAR:
    SOU CRISTÃO E ACREDITO QUE DE FATO DEVEMOS RESPEITAR A OPINIÃO DO PRÓXIMO, A BÍBLIA CHAMA ISSO DE
    LIVRE ARBITRIO … APRENDI A RESPEITAR OS CATÓLICOS, ASSIM COMO TAMBÉM APRENDI A RESPEITAR EVANGÉLICOS DAS MAIS VARIADAS DENOMINAÇÕES. PORÉM FIQUEI PREOCUPADO COM A SUA INTERPRETAÇÃO A RESPEITO DE IDOLATRIA. DEUS CONDENA SIM A IDOLATRIA, QUEIRA VOCÊ OU NÃO, ELA É FEITA SIM NA IGREJA CATÓLICA E EM RELAÇÃO AS SUA CITAÇÕES BÍBLICAS … JO 3.14-15 NADA FALA A RESPEITO DO ASSUNTO E SIM A RESPEITO DE CRER EM JESUS. EM RELAÇÃO A EXODO 20.4-5, DEUS NÃO PERMITIU QUE SE ADORASSE IMAGENS DE QUERUBINS OU COISAS DO TIPO, MAS QUE FOSSE FEITO UMA ARCA COM TODOS OS ATRIBUTOS QUE EXODO CITA, EM SACRIFICIO DE LOUVOR Á DEUS, COMO OFERTA AO DEUS VIVO. PORTANTO TENHA UM POUCO MAIS DE TEMOR QUANDO VOCÊ FOR FALAR DA PALAVRA DE DEUS, PRINCIPALMENTE PARA PESSOAS QUE NÃO CONHECEM A VERDADE.
    QUE DEUS TE ABENÇOE …

  • Mauro Antunes 28/09/2008 at 15:36

    Quando se pratica a verdadeira religião, segundo os ensinamentos de Jesus Cristo, automaticamente pratica-se a política.
    O cristianismo nunca anulou a política (dai à César o que é de César) ou seja, o governo humano é reconhecido e autenticado pelo Senhor dos senhores. Paulo ensina que devemos pagar tributos e dedicar honras à todo aquele que estiver investido de autoridade, e também orar em favor deles, nunca amaldiçoar, aí teremos um padrão de vida melhor.

  • Rivaldi Souza 28/09/2008 at 15:59

    Talvez a materia quizesse referir-se a palavra voto. Pois que na maior democracia do mundo, Atenas, da Grecia antiga, reuniam-se certa de 6.000 gregos para escolher cerca de 500 representantes para comandar o destino da Polis.
    Se entendermos que voto, tornou-se sinonimo de escolha, de desejo que determinada pessoa nos represente, o autor da materia enganou-se e precisa pesquizar mais, nao tendo contudo, nada a recriminar sobre uma ou outra religiao.

  • WILSON 28/09/2008 at 16:30

    EU TE APOIO CARVALHAL

  • Sérgio Rodrigues 28/09/2008 at 16:33

    Rivaldi: nada de “talvez”. Leia com atenção e verá que meu texto é obviamente sobre a palavra, não sobre a idéia de voto.

  • juarez de jesus 28/09/2008 at 16:50

    a acidez dos comentários me retrai diante de tão doutos conhecimentos politicos teologicos, a começar pelo artigo de Sergio que está ao longe da boa exegese hermeneutica. Darei apenas um exemplo, embora poderia discorrer sobre vários: Em 1ª Samuel 1,11-28, entendemos sem muito esforço que promessa, voto, não tem nada haver com voto politico, frisando que no voto biblico, o filho pede a Deus, fazendo a um voto, uma promessa, e o cumprimento desse voto é segundo o favor de Deus, e não o contrário, explicando mehlor – primeiro Deus abençoa para que o filho possa cumprir com o seu voto. Assim foi com Ana,e muitos outros…

  • Sérgio Rodrigues 28/09/2008 at 17:47

    Agradeço a participação de todos, e reconheço, claro, o direito de cada um debater o aspecto que quiser do texto. Apenas me parece importante, diante de algumas confusões como a que faz Juarez, lembrar que aqui se fala de etimologia, tema que tem tanto a ver com teologia quanto com pesca submarina. A palavra “voto”, de origem religiosa, ganhou sua moderna acepção política no século 15 (ou 16). Isso é um fato, não está em discussão.

  • HOMERO NS 28/09/2008 at 18:40

    Se interpretarmos a palavra VOTUM em si ,sera essa a interpretação ,mas o que vale na palavra e o ato ,a sua ação cognitiva ,e nesse caso o SR esta atrazado cerca de 2.000 anos ,com o seu uso de fato na Grecia.Seu artigo deve ser reavaliado .E como se aplicarmos a palavra FAVELA para a pobreza ,esse termo ter cerca de 180 anos e nao caracteriza a pobreza,assim o ato ou fato deve ser considerado na analize da raiz de uma palavra.

  • Tereza Nobrega 28/09/2008 at 20:06

    Eu VOTO em……………… Ops, acho que o voto continua secreto………
    Que coisa interessante: voto é voto. Não importa se ligado à religião ou à política ou se é apenas alvo de um estudo etimológico….. mas que o “bichinho” causa polêmica…… aaaahhh!!!! nem se discute isso…. (só rindo….)

    Sérgio, parabéns pela pesquisa.

  • Chester da Silva Rodrigues 28/09/2008 at 20:06

    Olá. Segue o meu otimismo a todos.
    Vejamos: uma simples opinião de uma pessoa, ser humano como todos nós, leva outras pessoas a descarregar sua ira, é isso mesmo, sua raiva. Devemos procurar a verdade em nós, ela esta ai dentro, de cada um, basta olhar, ter curiosidade, deixar a preguiça de lado, olhe bem, lá no fundo. Previro apenas aproveitar o que ha de melhor em cada opinião, seja de quem for. É isso ai pessoal.

  • Daniele 28/09/2008 at 22:57

    Gente, o texto é sobre a etimologia da palavra voto, ou é instigação religiosa? O Brasil está do jeito que está por ignorância, falta de escolas decentes, porque sempre tem alguém querendo tirar vantagem do outro, e tb graças a intolerância e agressividade gratuita. Sérgio, parabés pela objetividade de seu texto! É disso q o país precisa pra melhorar, conhecimento, entendimento pra falar.

  • targinosilva 29/09/2008 at 02:29

    Eu aprendi que o voto se originou na Grécia antiga e que era colocado em uma ostra. As decisões de expulsar pessoas da comunidade também era feita por voto secreto, dentro uma casca de ostra, por isso a palavra ostracismo. Na confundir voto, escolha, com promessas.

  • targinosilva 29/09/2008 at 02:32

    corrigindo. eram feitas

  • Mauro Antunes 29/09/2008 at 06:10

    Parabéns ao Sérgio e também à Dani, é válido e gratificante podermos expressar a nossa opinião sobre temas ou fato.
    O que fere as pessoas são algumas que ao invés de aproveitar o espaço e dar ensinamento, com ética e decência, acaba agredindo a idéia de outros que, não tem culpa dos erros que a humanidade cometeu no passado, estamos no presente e vamos procurar vivê-lo da melhor maneira possível, e é assim que construimos um futuro melhor.
    Um abraço.
    Mauro.

  • Toninho 29/09/2008 at 08:49

    O DIA EM QUE ESTA HUMANIDADE ENTENDER QUE O PROBLEMA DA TERRA N~~AO É DE SALVAÇÃO E SIM DE EVOLUÇÃO, JÁ TERÁ DADO UM GRANDE PASSO.
    FICAM SE DEGLADIANDO SOBRE RELIGIÕES, E SE ESQUECEM QUE DEUS NUNCA MANDOU OU PEDIU QUE SE FUNDASSE
    RELIGIÃO NENHUMA, PORQUE EM RESUMO SÃO TODAS IGUAIS, O HOMEM NÃO PRECISA DE RELIGIÃO, JESUS PEDIU PARA PROCURAR A VERDADE, ELA SIM LIBERTA, NÃO A VERDADE DE RELIGIÕES QUE SÓ QUEREM DIVIDIR DEUS, SENDO QUE ELE É UM SÓ.
    DEUS NÃO QUER E NAÕA PRECISA DE FANÁTICOS, DE IMAGENS, DE DINHEIRO, DE DISCURSOS, DE NADA DISSO,
    ELE SÓ ESPERA BOAS OBRAS PRATICADAS DE SEUS FILHOS, PORQUE É POR BOAS OBRAS OU NÃO QUE TODOS IREMOS RECEBER.

  • Valmir 29/09/2008 at 09:04

    Obrigado pela informação sobre voto/votar. Gosto de explicar significados de palavras que ensino na igreja. Me expliquem sobre a palavra -efetivamente-, por que só ouço de quem tem nivel superior.

  • vladimir 29/09/2008 at 09:15

    PARA TODOS OS ENVOLVIDOS NESSA DISCUSSÃO: IGREJA É UMA INSTITUIÇÃO HUMANA! NUNCA JC DEU UM PARECER PARA QUE SE FORMALIZASSE UMA ORGANIZAÇÃO EM SEU NOME! SE IGREJA FOSSE REALMENTE INSTITUIÇÃO HOMOLOGADA POR JC QUÃO DIFERENTE ELA SERIA!! A PALAVRA igreja, NA VERDADE TEM UM OUTRO SIGNIFICADO. ERRARAM OS FORMALIZADORES!!! POR ISSO, DESSA INSTITUIÇÃO, COISA BOA PARA O HOMEM NÃO SÁI!!! E ISSO DE QUALQUER DENOMINAÇÃO!! SE FOSSE DE CRISTO SERIA A ÚNICA!!! NO ENTANTO HÁ MAIS DE 1000!!! NÃO PENSEM OS ROMANOS QUE SÃO OS PRIMEIROS, NÃO!!! A ROMANA SURGIU MUUITO TEMPO DEPOIS DA, TAMBÉM, FORMALIZADA E INSTITUÍDA PELOS HOMENS, A DE JERUSALÉM, VAMOS ESTUDAR, PESQUISAR E FICAR CALMOS!! VAMOS TAMBÉM RESPEITAR A OPINIÃO DO PRÓXIMO MESMO QUE DEMONSTRE FANATISMO, BURRICE, COLHEIRISMO, ….

  • Marlon Oliveira 29/09/2008 at 09:24

    O artigo é muito pertinente, estais informaçõe são de suma importancia para aqueles (as) que não tem o habito da pesuisa. Só reforço que religião e politica saõ dois elementos inseparaveis, se oberservamos a constituição das sagradas escrituras encontraremos diverso elementos politicos inseridos em sua literatura (não especificamente politica partidaria, mas diversos modelos politicos, tais como estrategias, conceitos e filosofias) lanço esta provocação, “não seria o próprio Cristo uma figura extremamente polica?
    prof. marlon Oliveira.

  • Solange 29/09/2008 at 09:26

    Nossa, como a Igreja de Deus foi importante e ainda é, saiu de lá o primeiro sindicato, leis trabalhistas , orfanatos para os filhos dos mártires, agora isso. É uma pena o homem ser tão mau e mudar algo que seria muito bom se fosse seguido amor. Mas fazer o que? Parabéns a vcs. Um abraço e fica com Deus

  • André Soares 29/09/2008 at 09:28

    Valeu Thiago, essa é a postura do verdadeiro convertido, que mostra de maneira clara e sem descriminação´áquilo que é verdadeiro.

  • Parsifal 29/09/2008 at 09:42

    PERDER TEMPO COM DISCUSSÕES EMBASADAS NA INTOLERÂNCIA RELIGIOSA (SEJA ELA QUAL FOR) É DE UMA IMATURIDADE EMOCIONAL E INTELECTUAL RISÍVEL!

  • nego-drama 29/09/2008 at 09:52

    o voto e muito enportante temos que presta atensao quen eatamos votando

  • João 29/09/2008 at 09:53

    Carvalhal, sou Cristão, e não e com isso tipo de palavras que vc vai conseguir um mundo melhor, o que vc demonstrou ai vou odio isso não veem de Deus. Sou evangelico, estou de saco cheio desse povo que faz a religião uma guerra…Deus ama a todos…

  • Gabiru 29/09/2008 at 11:28

    Como eleitor, voto em branco diante da pobreza espiritual dos candidatos que se apresentam. Como religioso, voto nulo pela deturpação que fizeram em todas as igrejas, transformando-as em seitas inimigas da razão e do sentimento fraterno. Acredito num Deus único que rege o universo de acordo com suas leis, não em sistemas religiosos que só estimulam o ódio e o preconceito. Acredito também na democracia, apesar dos oportunistas que se apropriam de seus ideias em proveito próprio. Um bom dia a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial