‘A metamorfose’ em dois tempos, cem anos depois

14/09/2012

httpv://www.youtube.com/watch?v=wOrhpRtEXH8&feature=related

O Pop Literário de Sexta traz dois vídeos ligados à novela “A metamorfose”, obra-prima de Franz Kafka que, escrita em 1912 (e publicada três anos depois), está completando cem anos sem dar o menor sinal de que um dia se verá transformada numa espécie monstruosa e embolorada de literatura de época.

Acima, a íntegra do bom média-metragem livremente inspirado no livro que o cineasta independente espanhol Carlos Atanes lançou em 1993.

Abaixo, numa preciosa dica tuíterística do escritor e “curador de links” Carlos Henrique Schroeder, um vídeo em que o professor Ritchie Robertson, eminente kafkólogo de Oxford, apresenta e comenta o manuscrito original do livro. Destaque para a caligrafia demasiado humana de Kafka (não mais torta do que a minha, devo confessar) e para o escasso número de rasuras.

Bom fim de semana a todos.

httpv://youtu.be/IOoQcPy23w4

2 Comments

  • F.R. 14/09/2012 at 20:51

    … Confesso que esperei o momento em que longas pernas de cor marrom saltariam das costas do professor.

  • J.Paulo 16/09/2012 at 00:50

    Bons links, Sérgio. Que surpresa esse original do Kafka preservado, confesso que desconhecia. Ah, a Metamorfose, uma das minhas leituras mais perturbadoras, humanas e angustiantes. Um homem reduzido a um inseto rastejador, o que há com o mundo, com os homens? Será que a saída mais prática é nos reduzirmos a um inseto? Por alguma razão, para Gregor Samsa (ou para Kafka?)o foi.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial